Os nossos serviços, honorários e produtos estão compatíveis com qualquer porte de empresa. O nosso cliente principal possui uma conexão Internet e uma rede local, ou é, ou pretende montar um provedor de acesso Internet. O nosso objetivo principal é encontrar a solução com melhor relação custo/beneficio para o parceiro. Consulte-nos e pede um orçamento sem compromisso.
GRUB - GRUB2 no FreeBSD, pô que saco esse!
grubGrub é um boot-manager que promete estar capaz de iniciar diversos sistemas operacionais. Ele faz o que diz, mas leia bem. Especialmente requerido quando usa mais de um sistema no HD ou na máquina. Uma configuração típica é Windows + Linux ou Windows + FreeBSD ou os três na mesma máquina.

Grub é o padrão de muitos Linux, Windows possui o dele e o FreeBSD também usa um proprietário. Sobre o boot-manager do Windows não posso falar muito porque não estou muito chegado no Windows. O do FreeBSD é o mais simpático, ele pode ser ativado sem qualquer tipo de configuração em segundos, ele detecta automaticamente e corretamente o Windows e o Linux.

grubDesvantagem do boot-manager do FreeBSD, ele é muito simples na aparência, apenas uma listinha com os sistemas instalados e pede apertar F,F2,.. você escolhe o sistema de acordo com a lista. Esse salvou muitas vezes a minha vida, depois ter instalado um Linux ou Windows numa segunda partição. Esses adoram queimar o boot-sector do HD para serem os únicos nele, depois a máquina não boot mais nenhum e acusa "Missing Operation System". Basta dar um boot com o FreeBSD no CD ou Pendrive, single-user-mode e executar boot0cfg -B ada0 ... e pronto, HD funciona novamente e pelo menos FreeBSD e o Windows podem ser usados novamente.

Mas o GRUB? Pois é ... já tentou usar ele? No FreeBSD? Oooook ... então já sabe, mas saiba, o GRUB morreu, agora é o GRUB2. E esse grub2, pior no FreeBSD, vou te falar, você vai acaber com os braços cruzados, dedos no nariz e um pé atrás da cabeça, simultaneamente claro, e assim, imobilizado e desanimado no aguardo do pronto socorro. Aviso: Nunca tente configurar o GRUB2 quando estiver sozinho em casa e prepare seus próximos antes de que qualquer coisa pode acontecer ... mas seja valente e leia como fazer ...


grubO GRUB já era meio complicado para instalar e configurar no FreeBSD, mas devido a antiguidade do software encontramos muita ajuda no Google. O GRUB2 é só para durões ... parece que nem os desenvolvedores do GRUB2 sabem ajudar, ou não querem, ou se esqueceram porque programador Linux não está acostumado de anotar o que faz ... ou, minha suspeita, foram assassinados, de forma mais brutal e lenta em algum canto da mata, despejados em mil pedaços e espalhados nos quatro direções do vento ... por usuários desesperados. Que deus abençoe estes justiceiros e nunca mais deixa alguém escrever um software como o GRUB2.

GRUB2 é o pedaço de software mais idiota que já vi nos últimos tempos, parece que foi escrito por vários hackers, verdadeiros hackers em todos os sentidos, sem plano, sem projeto, sem comunicação entre eles. GRUB-1 foi difícil mas pela natureza, Os três principais sistema de arquivos, NTFS, EXT e UFS precisam ser integrados, isso não é fácil. Mas o GRUB2, além dessa complicação, agora é complicado ou impossível par um ser normal entender a configuração. Mas fiquem frios, eu salvo voc6es do sanatório, é só ler mais um pouco ...

grubAlguns avisos: Não perguntem em listas de Freebsd, ou os caras questionam e dizem: Porque quer usar o GRUB, gente que otários ... agora preciso prestar contas? Outros respondem e fazem de conta mas na verdade apenas querem usar você de cobaia para depois usar a solução para eles. Não seguem instruções encontrados na NET você vai acabar sem acesso ao seu HD! Caso encontrem alguma coisa verdadeiramente funcional, então por favor, escrevem um comentário para esse artigo e informem todos.

Pronto? Tome mais um gole grande ou um trago profundo ... e vai, desligue o cérebro, vire máquina e siga cegamente as instruções a seguir. Quando retorna dessa viagem, seu sistema pode despertar com uma tela funcional do GRUB2! Só mais uma, o que segue é para FreeBSD, configuração do GRUB2 em FreeBSD.

grubAtualize primeiro os ports, com portsnap fetch, depois portsnap update. depois vai para o grub2, cd /usr/ports/sysutils/grub2 e execute make, depois make install e quando termina make clean, ou caso estiver impaciente make install clean e tome mais um golinho ... porque a parte fácil acabou aqui. Também um bom momento para chamar alguém e ficar perto de você.


Primeiro Passo para a felicidade (e ficar sem HD)
Saiba o nome do seu HD. Para ter certeza execute dmesg | egrep "^ada|^ata|^da" e para confirmar depois dmesg | grep Trying. Caso usa glabel pode ainda aparecer coisa confusa, mas acho quem usa glabel sabe resolver essa questão sem problema. na maioria dos casos deve ser ad4 ou ada0, então tá ... execute:
grub-install --root-directory=/boot ada0

Caso reinicia a máquina agora, seu sistema já fica inacessível ao não ser que tenha uma máquina com a mesma configuração maluca que o desenvolvedor supostamente tem e acredita que todo mundo tem igual ...

Segundo Passo para a felicidade (e quase ficar com o HD)
Agora vamos criar um diretório que o bendito packager (aquele que fez o port para FreeBSD) deve ter esquecido. Execute:
mkdir /usr/local/etc/default
touch /usr/local/etc/default/grub

abre esse último arquivo grub com se editor preferido, vi por exemplo e insira as seguintes linhas:

GRUB_DEFAULT=1
GRUB_HIDDEN_TIMEOUT_QUIET=true
GRUB_TIMEOUT=30

Terceiro Passo para a felicidade (como poder iniciar o seu sistema)
Abre o seguinte arquivo /usr/local/etc/grub.d./40_custom com o seu editor preferido, e inclua as seguintes linhas:
menuentry "FreeBSD 9.0-STABLE KDE4" {
set root='(hd0,3,a)'
chainloader +1
}

menuentry "Windows 7" {
set root=(hd0,1)
chainloader +1
}

Verifique essas linhas e use os corretos parametros do HD, Slice e partição onde seu sistema está instalado. O texto entre aspas na linha menuentry pode escrever o que quiser, enquanto fica entre aspas.


Quarto Passo para a felicidade (e ficar COM o HD)
Agora é o top-secret. Tem um arquivo no /boot/grub com o nome load.cfg, possivelmente cheio de cacau que precisa corrigir. ANTES, saiba a partição e o slice onde está seu FreeBSD instalado. Supondo, que sua partição root esteja na ada0s3a, então o load.cfg DEVE estar assim:
set root=(hd0,3,a)
set prefix=($root)/boot/grub

Não seja teimoso, esqueça que te ensinaram sobre (hd0,3) ou (hd0,3,1) caso queira ficar com o seu HD e lembre da dica do início, desligue o seu cérebro e faça ... iurare in verba magistri

Agora execute:
grub-mkimage -o /boot/grub/core.img -c /boot/grub/load.cfg biosdisk part_msdos bsd search_fs_uuid ufs2 msdospart

isso encima é uma linha de execução

grub-setup --root-device='(hd0)' /dev/ada0

grub-mkconfig -o /boot/grub/grub.cfg


Quinto Passo para a felicidade (ou, man ... me fudi de novo ...)
De certa forma chegamos ao encruzilhamento, é a hora da verdade ... REBOOTE SUA MÁQUINA!, caso quer rezar mais uma vez, seria um bom momento, daqui a pouco ou sente aquela felicidade ou detona seu computador de vez e acaba onde te desejo muita sorte e boa recuperação ... :)


grub Mas se prestou atenção, como dizem na terra: tudo vai dar certo e caso que não? Não me procure, minha casa está cercada de dispositivos de auto-disparo, você não tem como travessar, não tente, não vem atrás de mim, sobre tudo, vingança é uma atitude muito podre, seja uma pessoa nobre e perdoe, mesmo que perdeu seu HD para sempre!

Bom, agora sério, o segredo está na correta edição do load.cfg. Tenha muito cuidado na hora da digitação dos parâmetros. Caso tiver um Linux funcionando na sua máquina e quer bootar ele também, pegue ANTES o menuentry do grub.cfg dele e adicionae no 40_custom.

grubCaso quer mudar o item default do menu do grub para não ficar esperando na tela, edite o /usr/local/etc/default/grub e configure a entrada que quiser. Lembre, o primeiro item é 0, caso quer iniciar por padrão o terceiro precisa configurar DEFAULT=2 e depois disso executar apenas o grub-mkconfig -o /boot/grub/grub.cfg novamente, não os outros passos

Existe um comando, o grub-set-default, executando ele com um número de acordo com o item que quer bootar por default, grub-set-default 2 por exemplo. Só isso precisa dizem, mas parece que não funciona direito não. Mas experimente, isso não faz nada em termos de perder o HD ... (talvez rsrs)




- Gerar Código de Link - 1783 Acessos - Imprimir

  Comentários (2)
 1 Enviado por admin, em 11/04/2012 02:21
Como adicionar Fedora no grub.cfg? 
 
Você precisa criar mais uma entrada tipo menuentry no 40_custom 
 
Segue o exemplo usando UUID  
 
menuentry "Fedora 16 KDE4" { 
set root='(hd0,1)' 
root=UUID=ca6f02b1-9512-494e-a891-ae917958b445 
linux (hd0,1)/boot/vmlinuz root=UUID=ca6f02b1-9512-494e-a891-ae917958b445 quiet rhgb selinux=0 
initrd (hd0,1)/boot/initramfs 

 
 
ou pelo label 
 
menuentry "Fedora 16 KDE4" { 
set root='(hd0,1)' 
root=LABEL=F16_rootfs rhgb quiet selinux=0 
linux (hd0,1)/boot/vmlinuz root=LABEL=F16_rootfs 
initrd (hd0,1)/boot/initramfs 

 
ou pelo nme da partição 
 
menuentry "Fedora 16 KDE4" { 
set root='(hd0,1)' 
root=/dev/sdb1 rhgb quiet selinux=0 
linux (hd0,1)/boot/vmlinuz root=/dev/sdb1 
initrd (hd0,1)/boot/initramfs 

 
 
os 3 casos são idênticos, no caso ter o grub2 instalado no FreeBSD parece faz necessário de repetir root= na linha do kernel linux e opcional acrescentar quiet e rhgb caso quiser. Desabilitar selinux também é opcional.  
 
sem a indicação (hd0,1) o FreeBSD grub2 não encontra o initrd e o boot falha.
 2 Enviado por William, em 06/10/2012 07:12
o pessoal, muito obrigado 
tentei muito tempo mas não deu certo 
agora sim que funcionou 
parabens!

Comentar
Seja objetivo, não ofenda e não envie propaganda por favor.
Nome:
E-mail
Comentário:

Código:* Code

 
< Anterior   Próximo >

MESH
WIPO que é MESH? Acredito que originalmente usado para definir tecido, semelhante a palavra rede (NET), e já estamos vendo, a criança precisa um nome. Podemos dizer, dentro dessa área, que uma rede mesh, ou mesh network (porque não dizemos rede rede ou mesh mesh?), define uma infra-estrutura onde todos os componentes estão diretamente conectados.

Nume rede wireless comum temos um ou vários AP (accesspoints), conectados em série, através de enlaces, até chegar no provedor onde ocorre a interligação com a Internet. Todos estes APs funcionam em modo hostap para aceitar as conexões dos clientes e a conexão entre os APs costuma funcionar no modo PP ou Adhoc. Neste scenário temos envolvido o endereçamento IP com rotas para a interligação lógica. Todos os APs, as redes hostap e adhoc, possuim um SSID e canal diferente.

Uma rede MESH funciona diferente. Eliminamos os enlaces. Os APs funcionam no modo MESH, podendo ocorrer a interconexão diretamente entre eles e com os clientes. Podemos interligar tantos APs necessários com apenas UMA interligação com a Internet.

MESH com sistema WIP WCE

Neste exemplo usamos duas conexões com o WCO (Veja Estrutura Wireless) para garantir redundância no caso que um componente falha. Leia o artigo inteiro para saber mais ...

Artigo inteiro
 


Matik nas Redes Sociais

Infomatik no Facebook Infomatik no Twitter Infomatik no Google+ HPower no Linkedin opiniões Infomatik no Blogger Visite-nos no Orkut Infomatik no Facebook




Buscar no Site


Seja responsável, preserve o Meio Ambiente.
Preserve o Meio Ambiente, evite o uso de papel!

Comentários recentes

Como fazer um cabo de rede Cro...
otima dica
de emannuel - Ler todo ...

Como configurar SPF?
Parabéns, excelente artigo.
de Ivan - Ler todo ...

Polémica Licença SCM para prov...
Concordo plenamente acho que a anatel deveriam dar chance ao...
de Gilson - Ler todo ...

kB, KB, Mb, Bits e Bytes que c...
Gosto bastant do google.
de Miguel victorino Nhaguiombe - Ler todo ...

A grande dúvida: IDE ou SCSI ?
Hello!Probably your new os has different id scsi segtints fo...
de Ichwan - Ler todo ...

Estatisticas

Acessos: 8403617


Integração VoIP Inteligente


Site Tags

255.255.255.252   acesso   alguns   antena   antenas   bom   chave   configuração   dados   das   dkim   dns   domínio   ele   email   endereço   essa   este   estão   existe   fica   freebsd   fácil   hora   isso   mail   mensagem   mensagens   muitos   nos   outro   outros   podem   podemos   porque   porém   programa   quer   rede   rádio   sabe   saber   seja   sendo   servidores   serviço   spam   spf   todas   windows   wireless  

Webmail Login

Nome de Usuário

Senha
Hospedagem Email
Seu Domínio .COM.BR é aqui. Sem rolo, sem propaganda, sem SPAM, sem Vírus, rápido, seguro e confidencial. Com SID e DKIM.
Hospedagem Matik Quer hospedar seu Site WWW, ERP ou CRM? A Matik é o seu lugar!
DNS Outsourcing Seguro, Rápido e com Garantia 24x7. DNSSEC, TSIG, DDNS, rDNS. A sua necessidade na mão de profissionais.
ns_mulpc.png
AP da Matik (WCE) O único que realmente amarra MAC ao IP. Acabou cloning, até 4 rádios num AP, até 150 clientes em cada rádio, navegando claro. Esquece que já viu.
WIP Cache Boost O único sistema que cumpre a promessa. Full Cache TPROXY de streaming mídia integrado num servidor de controle de banda e muito mais.